Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

Pátio do Colégio atraí centenas de moradores de rua atrás de comida

Dezenas de carros e vans chegam para alimentar as pessoas que vivem nas ruas. Leites são distribuídos para as famílias com crianças.
Os moradores de rua na cidade de São Paulo quase que dobrou nos últimos 17 anos. Em 2000, o número chegava na casa dos 8.700 moradores que viviam nas ruas, na época um número alarmante. Passados quase duas décadas depois, o número cresceu de forma avassaladora.
Segundo um levantamento inédito pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômicas (Fipe) em 2015, os números de moradores de rua chegaram nos 15.905. Isso porque os migrantes vindos de outros estados, principalmente do Nordeste, e também os imigrantes vindos dos países africanos e do Haiti - este último país foi arrasado por um furacão em 2010 - ajuda na concentração de mais gente nas ruas da cidade paulista.
Esse número só não é maior por causa que não é contabilizada as pessoas que são acolhidas em igrejas, ONGs e as invasões em propriedades privadas abandonadas.
A região da Sé tem o maior número de m…