Pular para o conteúdo principal

Olimpíada Rio 2016: As opiniões das pessoas!

6 bilhões de olhos estarão voltados para o Rio de Janeiro na abertura dos jogos olímpicos

Hoje o mundo estará voltado para o Brasil, mais precisamente para a cidade do Rio de Janeiro. Cerca de 3 bilhões de pessoas nos 5 continentes estarão vendo a abertura da Olimpíada Rio 2016, que começa às 20:00. Será a maior cobertura de um torneio até então.

Mas para a maioria dos brasileiros, essa festa só serve para passar uma imagem bonita do Rio de Janeiro, e esquecer os problemas que o país está passando atualmente. Até alguns meses atrás, o Governador do Estado carioca, Antônio Pezão, declarou estado de emergência nos hospitais. Servidores da área ficaram sem receber, a consequência foi, paralisação geral. Em abril, cerca de 140 mil servidores aposentados não tiveram as suas aposentadorias pagas pelo Estado.

Quem também sofreu com a grave crise econômica do país, foi a própria Olimpíada. A abertura dos jogos terá orçamento reduzido, o jeito foi usar a criatividade para não pesar no bolso. Tecidos estão sendo compradas no comércio tradicional de rua, no Saara.

O ciclista profissional Cruz ou Beterraba - como é chamado pelos amigos - disse o que achava realmente dessa Olimpíada. “Essa Olimpíada é uma merda pelo seguinte fato. A situação econômica do país, poucos investimentos para os atletas brasileiros, enfim, eles vão tomar um pau nessas Olimpíadas. Eu acho que não era o momento de ter esse evento”.

   Ciclista paulistano beterraba (FOTO: Eduardo Pires)

Para Valdecir, a imagem do Brasil vai ser bem vista no encerramento dos jogos olímpicos. “Para o mundo vai ser positiva, porque ninguém vai mostrar a verdade como o Brasil está, e sim só as melhores coisas. Imagem positivo lá fora, acho que sim”.

O que resta para nós brasileiros é acompanhar os jogos olímpicos, que vão durar 16 dias. Futuramente se “orgulhar” em ser a primeira sede de uma Olimpíada na América Latina.

Arena Corinthians receberá 10 jogos do futebol masculino e feminino (FOTO: Eduardo Pires)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Palmeiras avassalador não dá chances para o São Paulo no Morumbi

Em clássico quente e disputa pelas primeiras posições, Palmeiras leva a melhor e quebra mais um tabu no ano. Torcida do São Paulo lota o Morumbi para ver mais um tropeço do time (FOTO: Eduardo Pires) Os 56.694 são paulinos que foram até o Estádio do Morumbi viram os 16 anos de tabu cair por terra. Os palmeirenses comemoram a vitória em mais um clássico, e de quebra a liderança folgada no Campeonato Brasileiro. Agora já são três pontos que separam o time alviverde para o Internacional, 56 contra 53. O time escalado por Felipão mesclando o time titular com jogadores “reservas” anularam totalmente o time do São Paulo. Diego Aguirre deixou no banco Everton e Arboleda, e apostou nas entradas de Rodrigo Caio e Bruno Alves, assim jogando com três zagueiros. Isso foi avassalador para o Palmeiras se sentir em casa e comandar a vitória no primeiro tempo. Meio-campo forte com Felipe Melo, Moises e Lucas Lima, Felipão viu a sua equipe ter toque de bola refinado e tranquilidade
Em algumas partes, o cemitério mostra o estado de abandono. Uma parte de osso humano junto de uma garrafa PET (FOTO: Eduardo Pires) A cidade de Poá, localizada na Grande São Paulo, tem mais de 115 mil habitantes, segundo pesquisa feito pelo IBGE, em 2017. Na década de 60 e 70, a cidade tinha cara de munício interiorano. Mas o tempo passou, com a pouca distância até a capital paulista (30 km) e o comércio chegando na cidade, Poá ganhou estados de cidade “grande”. A Criminalidade de diversos tipos, vandalismos e a falta de segurança invadiram a cidade Os munícipes ficarem atentos à sua segurança como circuito de segurança nas casas e comércios, aumentar os muros e até colocar seguranças particulares em algumas ruas. Mas é aqueles que já morreram? Será que eles se livraram dos maus hábitos dos seres humanos que estão na Terra? A resposta é simples, não! O Cemitério Municipal de Poá, localizado no bairro Água Vermelha, está sofrendo vandalismo no ossário e

Investigação do NI denúncia nutrição de hospital particular de SP

Nutrição do Hospital Santa Clara e suas más condições de trabalho Mamão estragada sendo entregue para pacientes e acompanhantes (FOTO: Eduardo Pires) Frutas estragadas; verduras apodrecendo; panelas sujas; vasilhas e panelas com urinas e fezes de ratos; carne vencida sendo entregues para pacientes, acompanhantes e funcionários; ratoeiras no estoque de alimentos do setor de nutrição; embalagens roídas pelos ratos que andam pelos lugares da cozinha, estoque e corredor do setor; alimentos sendo armazenados de forma incorreta, fazendo com que os produtos ficam expostos as bactérias e fungos do lugar; entre outros agravantes. Esses casos ocorreram até o dia 30 de outubro no Hospital Santa Clara, na Vila Matilde, Zona Leste de São Paulo. Infestações de baratas, ratos, mosquitos e cupins fizeram do lugar uma desordem. Até o último dia do mês 10, a cozinha do hospital viveu dias de caos e funcionários convivendo com todo este tipo de infrações graves. Responsáveis pelo setor