Pular para o conteúdo principal

Domingo de manhã com os cães e gatos no Centro de Controle de Zoonoses

Projeto caminhada criado em 2009, visa socializar os cães com o público

Banner “Eu adote, adote você também (FOTO: Eduardo Pires)

O cãominhada acontece todos os domingos, das 9h às 13h, no Centro de Controle de Zoonoses, em Santana, zona norte de São Paulo.

A primeira participação requer alguns cuidados, como: trajar calças (jeans ou moletom), e calçados que cubram os tornozelos (tênis com meias cano longo ou botas). A entrada deve ser feita antes das 9h, para que os primeiros visitantes possam saber um pouco melhor das normas da instituição e dos cachorros.

Acabado a palestra, os voluntários começam a se preparar para pegar o seu cachorro e passear com ele dentro do CCZ. O lugar tem dois tipos de canil: canil verde e o azul. O verde, possui os cachorros de porte pequeno e médio, já o azul, possuí cachorros de porte grande como: Pitbull, Rottweiler entre outros.

Para quem tem mais tempo como voluntariado, tem a aventura de passear com os cachorros de porte grande. Já for voluntário de primeira viagem, tem que se contentar em pegar os cachorros um pouco menor. Mas para quem gosta de animais, essas quatro horas vale muito a pena. Além dos cachorros.

Depois do passeio, as pessoas podem visitar os cavalos e alimentá-los. Já a parte dos gatos é reservado, mas a visitação é liberada para ver os bichanos.

Atualmente, o CCZ acolhi 150 cachorros, 30 gatos e três cavalos. No passado eram 10 equinos, com a gripe equina, sete morreram e só restaram três.

A instituição necessita de doações de jornais para o recolhimento das fezes, pote de sorvete para o recipiente da água para os cães e brinquedos para os gatos.

O projeto foi criado em 2009, com apoio do Centro de Controle de Zoonoses, da Coordenação de Vigilância em Saúde (CONVISA). A ideia do projeto é de socializar os cães com as pessoas e com outros cachorros. Além do exercício físico com a caminhada, também ajuda na adoção e facilita o convívio domiciliar.

Para o estudante, Vítor, ele conta como foi a sua primeira experiência como voluntário no "cãominhada". "Se não viesse ninguém, os cachorros iriam ficar estressados. No próximo domingo pretendo voltar".

Para quem quiser ser um dos voluntários, tem que se inscrever através do site.

Rua Santa Eulália, 86 – Santana

Com 10 anos, Zulu parece bravo, mas é dócil e amável. Está pronto para ser adotado (FOTO: Eduardo Pires)
Gatos também faz parte da adoção do CCZ (FOTO: Eduardo Pires)

         CCZ e no fundo os canis azul e verde (FOTO: Eduardo Pires)




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Projeto Centro Aberto deixa a cidade de São Paulo mais harmonizada

Com cadeiras de praia e jogos de tabuleiro, as pessoas esquecem por alguns instantes a preocupação do dia a dia.



A cidade de São Paulo está ganhando nova cara. Jogos de tabuleiro como: dominó, dama e xadrez, e mesas de ping pong, ilustra a cidade com ar de lazer e aos poucos tirar a marca registrada da cidade, considerada uma “selva de pedra”.
O projeto Centro Aberto dá a oportunidade para os pedestres relaxar quando estiverem cansados, ou até mesmo, sair do serviço e jogar um jogo de tabuleiro de xadrez gigante para esquecer os dias corridos que a capital paulista proporciona. Desenvolvido e implantado por meio de colaboração de diversas secretárias municipais como: Secretária de Desenvolvimento Urbano, Secretária de Serviços, Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Secretária de Direitos Humanos e Cidadania, Secretária de Segurança Urbana e Secretária de Cultura.O Centro Aberto também recebeu apoio do Metrô, que cedeu lugares para as construções das praças.
Cadeiras de prai…
Em algumas partes, o cemitério mostra o estado de abandono.

A cidade de Poá, localizada na Grande São Paulo, tem mais de 115 mil habitantes, segundo pesquisa feito pelo IBGE, em 2017.
Na década de 60 e 70, a cidade tinha cara de munício interiorano. Mas o tempo passou, com a pouca distância até a capital paulista (30 km) e o comércio chegando na cidade, Poá ganhou estados de cidade “grande”.
A Criminalidade de diversos tipos, vandalismos e a falta de segurança invadiram a cidade Os munícipes ficarem atentos à sua segurança como circuito de segurança nas casas e comércios, aumentar os muros e até colocar seguranças particulares em algumas ruas.
Mas é aqueles que já morreram? Será que eles se livraram dos maus hábitos dos seres humanos que estão na Terra? A resposta é simples, não!
O Cemitério Municipal de Poá, localizado no bairro Água Vermelha, está sofrendo vandalismo no ossário e em alguns túmulos. No prédio onde guarda boa parte dos ossos daqueles que já foram, está completamente em est…

Investigação do NI denúncia nutrição de hospital particular de SP

Nutrição do Hospital Santa Clara e suas más condições de trabalho

Mamão estragada sendo entregue para pacientes e acompanhantes (FOTO: Eduardo Pires) Frutas estragadas; verduras apodrecendo; panelas sujas; vasilhas e panelas com urinas e fezes de ratos; carne vencida sendo entregues para pacientes, acompanhantes e funcionários; ratoeiras no estoque de alimentos do setor de nutrição; embalagens roídas pelos ratos que andam pelos lugares da cozinha, estoque e corredor do setor; alimentos sendo armazenados de forma incorreta, fazendo com que os produtos ficam expostos as bactérias e fungos do lugar; entre outros agravantes.
Esses casos ocorreram até o dia 30 de outubro no Hospital Santa Clara, na Vila Matilde, Zona Leste de São Paulo. Infestações de baratas, ratos, mosquitos e cupins fizeram do lugar uma desordem. Até o último dia do mês 10, a cozinha do hospital viveu dias de caos e funcionários convivendo com todo este tipo de infrações graves. Responsáveis pelo setor e também do hospital…