Pular para o conteúdo principal

Cristiano Ronaldo: O espelho para você ir atrás dos seus sonhos

O craque português venceu a pobreza e a falta do pai para se tornar um dos jogadores mais premiados e ricos do mundo.

Cristiano Ronaldo sendo premiado pela FIFA como o melhor jogador de futebol no ano de 2016 (FOTO: Agence France-Presse)

O ser humano nasce, cresce, vive e morre. Isso é um ciclo natural de cada pessoa que habita a Terra.

Desde pequenos, a gente sabe que na vida sobrevivem aqueles que lutam diariamente pelos seus sonhos, correto? Um exemplo disso é o Cristiano Ronaldo. A persistência, garra, luta, foco, força e superação, fazem dele um diferencial para nós mesmos.

É fácil ver o que ele conquistou e ainda vai conquistar na sua vida. Aos 31 anos, CR7 como é chamado pela mídia, possui uma “pequena” fortuna de R$ 747 milhões, carros luxuosos, mansões pelo mundo, lojas de grife que leva o seu nome entre outras conquistas que só ele possui.

Mas na infância não foi nada fácil. Com pai alcoólatra, o craque nunca chegou a conhecer o seu genitor. A mãe, Maria Dolores dos Santos Aveiros, foi a responsável por ensinar, educar e cuidar do pequeno Cristiano, nome dado por causa do ex-presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, onde a dona Maria era fã.

Cristiano tinha um dom, dom este que levaria ele a chegar em um patamar dos deuses do futebol. No começo da carreira mirim, ele passou por clubes de sua terra natal: Andorinha, Nacional da Madeira, ambos localizados na Ilha da Madeira, em Portugal, até chegar no grande Sporting Lisboa.

Com dedicação aos treinamentos e humildade, Cristiano logo se transferiu para o gigante da Inglaterra, o Manchester United, em 2003. Na época com 18 anos, um moleque ainda, ele vestia a camisa 28 em uma apresentação oficial junto com o brasileiro e pentacampeão, Kléberson. Ali, o português não passava de mais uma contratação normal pelos olhos da mídia.

Com o tempo, a contratação normal virou máquinas de gols e dribles. A cada dia, Cristiano conquistava a cidade de Manchester e também o mundo. Com toda essa mídia em cima e atenção dos telespectadores pelo mundo, acabou chamando o interesse do gigante madrileno, o Real Madrid.

O mundo viu, Portugal viu, a Ilha da Madeira viu, o Estádio Santiago Bernabéu observou, a apresentação do português. Mais de 80 mil torcedores foram até o local para recepcionar o jogador. Com estilo de arrogante, medido e individualista, Cristiano Ronaldo cresceu ainda mais.

Ele é o primeiro e o último a sair dos treinos, determinação e foco em seus afazeres fazem ele ter um rendimento impecável. Nas férias, quem disse que ele vai para as “gandaias”? Ele curte as mulheres em seus iates e festas pelo mundo afora. Mas ele sempre está na academia aprimorando o seu condicionamento físico. Por isso é o jogador mais completo do mundo: cabeceia, potência do chute, pênalti com perfeição, falta com maestria, jogador de elenco e também treinador nas horas que precisam dele.

Mesmo ele olhando para trás e ver que já conquistou de tudo (bateu recordes, títulos individuais e pelos clubes, gols, assistências e de solidariedade). Cristiano é o jogador que mais ajuda no mundo, são milhões e milhões de euros distribuídos em ações filantrópicas pelo Planeta. Sempre ajudando o mais necessitado.


Quando você querer se espelhar em alguém, se espelha no Cristiano como uma pessoa que correu, lutou e teve as suas conquistas em cima do seu suor. 

Apresentação do brasileiro Kléberson e Cristiano Ronaldo, ao lado do ex-técnico, Fergunson, em 2003. (FOTO: Darren Staples/Reuters)

Postagens mais visitadas deste blog

Viagem 2: Juiz de Fora – Minas Gerais – Brasil

Com cara da “cidade maravilhosa”, Juiz de Fora é conhecida pela grandiosidade no estado mineiro.

Conhecer a cidade mineira Juiz de Fora é conhecer também um pouco da história de Minas Gerais. Localizado no sudeste do estado, o munícipio está localizado na Zona da Mata, fazendo dela a principal cidade da região, que conta com outras cidades como Santos Dumond, Chácara, Bicas, Matias Barbosa, Lima Duarte entre outras.
Juiz de Fora tem a quarta maior população do Estado de Minas Gerais, com mais de 560 mil habitantes (estimativa de 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística/IBGE), perdendo apenas para Belo Horizonte, Uberlândia e Contagem, respectivamente.
Quando um turista chega na cidade, logo se depara com as semelhanças entre Juiz de Fora e a cidade do Rio de Janeiro. O primeiro são os Taxis da cor amarelo, com as faixas pontilhados na lateral dos veículos; outro ponto a ser destacado são as bancas de jornais onde vendem jornais da capital Fluminense, O Globo e Extra são o…

Viagem 3: Natal - Rio Grande do Norte - Brasil

Natal deixa um rastro de saudades pelas suas belezas que enfeitam os corações e olhos dos turistas
Viajar sempre é bom, não é mesmo? Imagine viajar para um lugar que reúne vida noturna agitada, belas praias e animais que embelezam as paisagens das dunas desérticas que estão localizadas em Natal? Fantástico!

O Notícias Independentes compareceu na capital do Rio Grande do Norte e visitou alguns lugares mais famosos da cidade, que conta com mais de 800 mil habitantes nos seus 418 anos de sua fundação.
Chegando à Natal, a primeira recepção que a cidade nós proporciona é o vento forte que atravessa as ruas, avenidas, rostos e corpos. A temperatura alta também é um atrativo para aqueles que adoram o calor. A temperatura a noite varia entre 22° a 25° C; durante a tarde o sol chega na marca dos 33° - isso no inverno, mês de junho, época que o site foi até a cidade.
Outro ponto positivo do lugar é a forma calorosa dos natalenses que recebem pessoas de outros estados brasileiros ou países. Desde o…

Edifício Wilson Paes de Almeida: Dez dias de dor, sofrimento, angústia e no fundo uma esperança

Moradores do prédio acampam no Largo do Paissandu esperando um desfecho da prefeitura da cidade em relação à moradia para eles.
Vítimas do desabamento se aglomeram para pegar um prato de comida (FOTO: Eduardo Pires)
Há de dez dias a cidade de São Paulo parava para acompanhar o desabamento do Edifícil Wilson Paes de Almeida. O local abrigou a sede da Polícia Federal e Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além de ser um patrimônio histórico tombado em 1992.

Dos 24 andares que ostentava um edifício todo espelhado no Largo do Paissandu, Região Central de SP, nada sobrou, levando a metade de uma igreja luterana centenária abaixo. O local abrigava mais de 50 famílias que lutam por moradia através dos movimentos sociais. Cerca de 250 pessoas saíram ilesos do desastre do dia 1° de maio, Dia do Trabalhador, mas também sem um teto para pelo menos dormir. Outras cinco pessoas até o fechamento dessa matéria não tiveram a mesma sorte e acabaram morrendo.
A Praça em frente ao prédio que se rui…