Pular para o conteúdo principal

Vejam os dez lugares para curtir e se divertir em São Paulo que completa 463 anos

Museus, baladas, avenidas, ruas e shoppings. A cidade paulista tem um "oceano" de coisas para conhecer e fazer. 

A cidade de São Paulo completa nesta quarta-feira (25) o seu 463° aniversário. Uma megalópole distribuída por quatro zonas (Leste, Oeste, Norte, Sul e Centro). A cidade possui tantas histórias que faz qualquer pessoa se apaixonar por este lugar.

Conhecido como a “Terra da Garoa” ou “A Cidade Que Não Dorme”, a cidade desperta a curiosidade dos paulistanos e turistas. Decerto, acaba caindo nas graças de qualquer pessoa. 

Destacamos aqui dez lugares de São Paulo que todos devem conhecer.

1 – Para quem adora bugigangas como brinquedos, fantasias, bijuterias e objetos para o domicílio, a Rua 25 de Março é o lugar ideal para este tipo de compras. Localizado na Região Central de São Paulo, a rua é considerada um dos lugares perfeitos para aquisições de presentes nas épocas de natal e carnaval.

            Rua 25 de Março (FOTO: Eduardo Pires)

2 – O bairro do Brás é fantástico para quem gosta de roupas e pretende gastar pouco. Os milhares de lojas atraem turistas do Brasil inteiro, para comprar roupas com preços baixos e revender com preços mais elevados. Calças jeans, camisas polos, vestidos e blusinhas podem ser comprados tanto no varejo como no atacado. Com todas essas vantagens, vale a pena conhecer sim a região do Brás, localizado no Centro de São Paulo.

   Pessoas nas ruas do Brás fazendo compras (FOTO: Arquivo Google)

3 – Que tal fazer um piquenique romântico ou um passeio familiar agradável? O Parque do Ibirapuera tem um sincronismo muito importante para fazer da sua tarde um pouco menos estressante. Com árvores, plantas, lagos e vias para fazer caminhada, o parque tornou-se um dos cartões portais mais importantes da cidade.

Parque do Ibirapuera é um dos mais agradáveis de São Paulo (FOTO: Arquivo Google)

4 – Na década de 80 para 90, a cidade de São Paulo explodiu nas construções dos shoppings centers. Um shopping que agrada a todos é o Center Norte, localizado na Marginal Tietê, na Zona Norte. O shopping tem um mix de lojas: roupas, calçados, produtos eletrônicos e eletrodomésticos. A cultura do paulistano é passear nos shoppings aos finais de semana, então, esse lugar entra nos lugares à ser visitado.

Center Norte é o shopping que apresenta o maior volume de vendas por m² (FOTO: Eduardo Pires)

5 – Indo passear em São Paulo e não visitar a Avenida Paulista, é como não ter visitado a cidade paulistana. Avenida Paulista tem uma extensão de aproximadamente 2,5 km, passando por ruas conhecidas como: Consolação, Augusta, Frei Caneca e Brigadeiro Luís Antônio. Diversos shoppings, teatros, museus e casas de shows colori a principal via da cidade. Os artistas de rua também enfeitam e dão uma cara totalmente diversificada. Podem encontrar uma banda de reggae até uma banda sertaneja fazendo um show no meio da calçada da Paulista, como é chamada pelos frequentadores.

Um dos lugares mais extraordinários de São Paulo, a Avenida Paulista (FOTO: Eduardo Pires)

6 – Todos sabem que a cidade de São Paulo tem muitos museus, mas um museu pretende levar muita alegria, emoção e divertimento para o público. O Museu Catavento está localizado no Palácio das Indústrias, na Região Central. Este lugar é reservado à ciência e tecnologia, diversas atividades podem ser feitas. Descobrir como são feitos os efeitos especiais do cinema, o DNA dos animais, o primeiro avião de transporte do Brasil entre outras atividades.

Da criança até o idoso, o Museu Catavento atrais multidão de pessoas de diferentes idades (FOTO: Eduardo Pires)

7 – As baladas transformam as noites paulistanas em verdadeira overdose de músicas e sons. Com diferentes tipos de gêneros musicais, seja funk até o rock, o público curti e dança até o sol raiar. Não tem um dia específico para sair, segunda até domingo, a cidade de São Paulo está acordada para aguentar mais um dia de agitação.

As casas noturnas deixam as noites paulistanas ainda mais agitadas (FOTO: Arquivo Google)

8 – A Catedral da Sé tem 92 metros de altura e 111 metros de comprimento, tornando-a maior igreja da cidade de São Paulo. A catedral abriga até 8.000 pessoas no local. O Local é revestido de mármore e de história. O início da construção aconteceu no ano de 1913, acabando em 1954. A igreja conta com a cripta que fica localizado abaixo do altar principal, lá estão os índios Tibiriça e o cacique Guaianás, importantes na fundação da cidade.

Imponente, a Catedral da Sé deixa qualquer um com os olhos maravilhados (FOTO: Eduardo Pires)

9 – A Independência do Brasil aconteceu na cidade de São Paulo, mais precisamente no bairro do Ipiranga, Zona Sul. Lá está localizado o Museu do Ipiranga, onde conta a história da tão sonhada independência do Brasil em 1822. O quadro “Independência ou Morte”, pintado pelo pintor Pedro Américo, em 1988, é uma das obras mais requisitadas do lugar.

O Museu do Ipiranga foi o lugar onde o D. Pedro I deu o grito da Independência ou Morte (FOTO: Eduardo Pires)


10 – Quem visita São Paulo se assusta com a quantidade de arranha-céus que a cidade possui. Em algum momento, a gente pensa em estar num labirinto de pedras e janelas, mas um lugar pode fazer você se tornar grande perto desses edifícios. O Edifício Itália tem 165 metros distribuídos em 46 andares, no topo do prédio, visitantes podem ver a cidade de São Paulo de um jeito magnífico. A altura é tanta, que dá para ver em 360 graus as Zonas Leste, Oeste, Norte, Sul e Centro. Aqueles prédios que antes estavam enormes aos olhos das pessoas, agora ficam pequenos. 

A visão do topo do Edifício Itália é para deixar qualquer um arrepiado (FOTO: Eduardo Pires)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Viagem 3: Natal - Rio Grande do Norte - Brasil

Natal deixa um rastro de saudades pelas suas belezas que enfeitam os corações e olhos dos turistas
Viajar sempre é bom, não é mesmo? Imagine viajar para um lugar que reúne vida noturna agitada, belas praias e animais que embelezam as paisagens das dunas desérticas que estão localizadas em Natal? Fantástico!

O Notícias Independentes compareceu na capital do Rio Grande do Norte e visitou alguns lugares mais famosos da cidade, que conta com mais de 800 mil habitantes nos seus 418 anos de sua fundação.
Chegando à Natal, a primeira recepção que a cidade nós proporciona é o vento forte que atravessa as ruas, avenidas, rostos e corpos. A temperatura alta também é um atrativo para aqueles que adoram o calor. A temperatura a noite varia entre 22° a 25° C; durante a tarde o sol chega na marca dos 33° - isso no inverno, mês de junho, época que o site foi até a cidade.
Outro ponto positivo do lugar é a forma calorosa dos natalenses que recebem pessoas de outros estados brasileiros ou países. Desde o…

Edifício Wilson Paes de Almeida: Dez dias de dor, sofrimento, angústia e no fundo uma esperança

Moradores do prédio acampam no Largo do Paissandu esperando um desfecho da prefeitura da cidade em relação à moradia para eles.
Vítimas do desabamento se aglomeram para pegar um prato de comida (FOTO: Eduardo Pires)
Há de dez dias a cidade de São Paulo parava para acompanhar o desabamento do Edifícil Wilson Paes de Almeida. O local abrigou a sede da Polícia Federal e Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além de ser um patrimônio histórico tombado em 1992.

Dos 24 andares que ostentava um edifício todo espelhado no Largo do Paissandu, Região Central de SP, nada sobrou, levando a metade de uma igreja luterana centenária abaixo. O local abrigava mais de 50 famílias que lutam por moradia através dos movimentos sociais. Cerca de 250 pessoas saíram ilesos do desastre do dia 1° de maio, Dia do Trabalhador, mas também sem um teto para pelo menos dormir. Outras cinco pessoas até o fechamento dessa matéria não tiveram a mesma sorte e acabaram morrendo.
A Praça em frente ao prédio que se rui…

Shamell tem tarde mágica na vitória do Mogi para cima do Flamengo e final inédita para ambos

Torcida mogiana vibra e delira no Hugão com a classificação do Mogi Basquete para a final do NBB
Times perfilados para o hino nacional (FOTO: Eduardo Pires) 
O Ginásio Hugo Ramos, o Hugão, teve um sábado mágico e histórico. Isso porque o Basquete de Mogi se garantiu pela primeira vez na história para a final do Novo Basquete Brasil (NBB). A vítima da vez foi o fortíssimo Flamengo comandado pelo pivô Varejão, que não suportou a pressão da equipe mogiana em tarde inspiradíssima de Shamell, e também dos 5 mil torcedores que lotaram o ginásio. O time paulista venceu o  terceiro jogo em quatro partidas da semifinal.
PRIMEIRO QUARTO
Muito disputado pelas duas equipes, o Mogi tentou mais arremates de três e o Flamengo aproveitou as falhas do adversário em erros bobos. O mandante estava bem através das infiltrações do ala Jimmy e das belas cestas do craque americano Shamell. O time carioca aproveitava do forte Varejão para fazer a parede e conseguir os pontos, nisso o primeiro quarto acabou 17 a …