Pular para o conteúdo principal

Parque Chico Mendes recebeu grande festa para comemorar os 55 anos de Osasco

A população compareceu em peso para celebrar o aniversário de Osasco

Logotipo do aniversário de Osasco, 55 anos (FOTO: Eduardo Pires) 

A cidade de Osasco completou 55 anos com muita festa no Parque Chico Mendes, no bairro City Bussocaba. As atividades culturais, artísticas, shows e entretenimento começaram às 9h, e o local ganhou ares de festividade para celebrar o aniversário do município. 

A fundação de Osasco foi no dia 19 de fevereiro de 1962, de lá para cá, o município se tornou um dos maiores polos comerciais do estado de São Paulo. O PIB (Produto Interno Bruto) de Osasco é o segundo maior do estado paulista, com 55, 515 bilhões ao ano (estudo levantado em 2013). A cidade tem a sexta maior população do estado no ano de 2016, com 696 mil habitantes.

Nos últimos anos Osasco também ficou conhecido nacionalmente na parte do esporte. O Osasco Voleibol Clube feminino, ganhou quase todos os títulos possíveis nos últimos dez anos. As conquistas do Mundial de Clubes (2012), Campeonato Sul-Americano (2009, 2010, 2011, 2012), Superliga Brasileira (09/10 e 11/12) e Copa Brasil (2008, 2014) credenciou o vôlei da “Cidade Trabalho”, como é conhecido Osasco, um dos mais competitivos do mundo.

O futebol que encantou o Brasil no primeiro semestre de 2016 também é de Osasco. O Grêmio Audax jogava de forma leve e consistente, chegando a ganhar dos gigantes paulistas no Campeonato Paulista desse ano de forma simples e eficiente. Para alguns especialistas em futebol, o Grêmio Audax lembrava o Barcelona na forma de jogar, toques rápidos e sem chutes longos. O time foi vice-campeã paulista perdendo a final para a equipe do Santos.

Voltando para a festividade em comemoração dos 55 anos da cidade de Osasco, o Parque Chico Mendes recebeu milhares de visitantes e acabou tendo de tudo. Cama elástica, futebol de sabão, futebol de areia, tenda para pintar os rostos das crianças e entre outras atividades para os menores. Para os adultos teve show de rap, samba, pagode, dança gaúcha, banda sinfônica, circo ao ar livre e sorteios de brindes, incluindo TV de Led, óculos feminino e masculino e tablet. Enfermeiros e agentes de saúde estevem no local para medir a pressão e coletar o sangue para ver o tipo sanguíneo das pessoas. Pedaços de bolo foram entregues para celebrar o aniversário da cidade.

O prefeito eleito em 2016, Rogerio Lins (PTN), esteve presente no parque para cumprimentar o público e participar das atividades como na dança sertanejo e nos sorteios dos brindes.  

Com toda essa festa, Osasco teve um domingo maravilhoso em comemoração do seu quinquagésimo quinto aniversário. 

O mais novo prefeito da cidade, Rogerio Lins (PTN), sorteou presentes para o público (FOTO: Eduardo Pires)
A Secretaria Municipal do Município de Osasco levou grandes atrações para o evento, como dança gaúcha, samba e a banda sinfônica da cidade (FOTO: Eduardo Pires)

As crianças se divertiram na oficina de teatro, futebol de areia, cama elástica e futebol de sabão (FOTO: Eduardo Pires)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Palmeiras avassalador não dá chances para o São Paulo no Morumbi

Em clássico quente e disputa pelas primeiras posições, Palmeiras leva a melhor e quebra mais um tabu no ano. Torcida do São Paulo lota o Morumbi para ver mais um tropeço do time (FOTO: Eduardo Pires) Os 56.694 são paulinos que foram até o Estádio do Morumbi viram os 16 anos de tabu cair por terra. Os palmeirenses comemoram a vitória em mais um clássico, e de quebra a liderança folgada no Campeonato Brasileiro. Agora já são três pontos que separam o time alviverde para o Internacional, 56 contra 53. O time escalado por Felipão mesclando o time titular com jogadores “reservas” anularam totalmente o time do São Paulo. Diego Aguirre deixou no banco Everton e Arboleda, e apostou nas entradas de Rodrigo Caio e Bruno Alves, assim jogando com três zagueiros. Isso foi avassalador para o Palmeiras se sentir em casa e comandar a vitória no primeiro tempo. Meio-campo forte com Felipe Melo, Moises e Lucas Lima, Felipão viu a sua equipe ter toque de bola refinado e tranquilidade

Edifício Altino Arantes “banespão” completa 69 anos de beleza e modernidade

O projeto do edifício foi modificado para fazer referência ao Empire State Building de Nova York Hoje o Edifício Altino Arantes completa 69 anos, falando pelo nome, ninguém deve saber qual prédio estou falando, mas se eu falar o “banespão”, todos irão saber. No dia 27 de junho de 1947, a cidade de São Paulo ganhou um presente de 161 metros de altura, superando o Edifício Martinelli com 130 metros. O Edifício Altino Arantes se tornou em pouco tempo, o símbolo da cidade de São Paulo e o coração da cidade de São Paulo. A história começou quando o Banco do Estado de São Paulo (Banespa) ficava na Praça Ramos de Azevedo, longe do centro financeiro da cidade – na época ficava nas ruas São Bento e XV de Novembro. Para ficar próximo ao centro comercial, os diretores do banco fizeram uma parceria com a Santa Casa da Misericórdia e compraram alguns imóveis. Com a demolição de algumas casas, foi erguido o edifício na Rua João Brícola, se tornando o maior prédio do Brasil, com seus 161

Edifício Wilson Paes de Almeida: Dez dias de dor, sofrimento, angústia e no fundo uma esperança

Moradores do prédio acampam no Largo do Paissandu esperando um desfecho da prefeitura da cidade em relação à moradia para eles. Vítimas do desabamento se aglomeram para pegar um prato de comida (FOTO: Eduardo Pires) Há de dez dias a cidade de São Paulo parava para acompanhar o desabamento do Edifícil Wilson Paes de Almeida. O local abrigou a sede da Polícia Federal e Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além de ser um patrimônio histórico tombado em 1992. Dos 24 andares que ostentava um edifício todo espelhado no Largo do Paissandu, Região Central de SP, nada sobrou, levando a metade de uma igreja luterana centenária abaixo. O local abrigava mais de 50 famílias que lutam por moradia através dos movimentos sociais. Cerca de 250 pessoas saíram ilesos do desastre do dia 1° de maio, Dia do Trabalhador, mas também sem um teto para pelo menos dormir. Outras cinco pessoas até o fechamento dessa matéria não tiveram a mesma sorte e acabaram morrendo.   A Praça em frent